Desde sexta passada, nossa equipoka está fazendo home office. Essa é a parte pequena e fácil das adaptações que vamos passar nas próximas semanas e meses.
Implementamos diversas medidas sérias com base em nossa experiência de gestão em colivings, e analisamos as medidas de segurança que colivings e coworkings estão tomando pelo mundo, além das recomendações dos órgãos de saúde.

O completo isolamento social e o distanciamento é um imenso desafio para nós, pois hoje temos 4 grupos de 21, 13, 11 e 5 pessoas compartilhando uma estrutura única de banheiros, cozinhas, salas e utensílios.

Entendemos que morar com um grupo de pessoas desses tamanhos durante este período em que o mundo pede completamente o oposto, será muito delicado. Mas acreditamos que de maneira genuína, com a força e o poder da auto responsabilidade dos nossos moradores e moradoras, juntamente com a nossa atenção, comprometimento e firmeza, conseguiremos passar unidos por este cenário de instabilidade e desunião.

Alguns dos itens que pedimos à nossa comunidade de moradores e moradoras são:

// Ao entrar no coliving, todos os moradores deverão lavar as mãos, e também frequentemente durante o dia.

// Para evitar chance maior de contágio, as toalhas de rosto dos banheiros foram retiradas para que não sejam compartilhadas; escovas de dentes não devem ser guardadas no mesmo lugar; e pedimos que os pratos, copos e talheres sejam também lavados antes do uso.

// Eventos e festas, com pessoas externas do coliving, não serão mais autorizados. Além disso, pedimos cautela no uso das áreas comuns coletivas pelos moradores como a sala e a cozinha, respeitando o distanciamento de 2m. A orientação é utilizar mais os quartos nesse período

#coronavirusbrasil #stopthespread #colivingbr #coliving
#colivingvscovid19